Meu perfil

BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, URCA, Homem, de 26 a 35 anos, Tabacaria, Música


Relógio
relojes web gratis


Calendário



Radio Sókakarecos



Tempo agora



Estamos no...

 

Coisas que gosto



...TV 80'...


Filmes e shows da Época









Blogs, Sites, Prêmios





Astrologia, Carros, Cartões, Cursos, Empregos e Estágios, Dinheiro, Hospedagem, Imóvel, Jogos, Namoro e Tv








..Widget UOL..



Deixe seu recado...



...Award...




Histórico:

- 07/12/2008 a 13/12/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008



Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis
- Blog Rosana


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Código html:
Cristiny On Line



Cantores(as) Anos 80 - Ritchie

 

Richard David Court, ou Ritchie (6 de março de 1952) é um cantor e compositor inglês radicado no Brasil, autor de diversos sucessos como "Menina Veneno" , "A Vida Tem Dessas Coisas", "Pelo Interfone" e "Vôo de Coração".

Biografia

Nascido no Beckenham, no condado de Kent, no Sul da Inglaterra morou em diversos países como Quênia, Dinamarca, Itália, Alemanha e Escócia, além de várias localidades da Inglaterra por ser filho de militar. Em 1972 conhece em Londres um grupo de brasileiros, inclusive alguns integrantes dos Mutantes, que o convencem a vir para o Brasil.

No Brasil fixa-se a princípio em São Paulo onde monta a banda Scaladácida com Fabio Gasparini (guitarras), Sérgio Kaffa (baixo), e Azael Rodrigues (bateria).Com a dissolução da banda no final de 1973, muda para o Rio de Janeiro com a mulher , a arquiteta e estilista carioca Leda Zuccarelli. No Rio de Janeiro , passa a dar aulas de inglês para artistas como Paulo Moura , Egberto Gismonti e Gal Costa. Participa de várias bandas como flautista, exemplo da A Barca do Sol e vocalista durante dois anos até começar a atuar como cantor no grupo Vímana, ao lado de Lobão, Lulu Santos, Luiz Simas e Fernando Gama, e gravam o compacto Zebra pelo selo Som Livre , que é arquivado pela gravadora que alega não haver público para rock no Brasil.

Em seguida a banda é desfeita ,e praticamente todos os seus integrantes iniciam carreira-solo.Em 1983 Ritchie lança o LP "Vôo de Coração" , que vende mais de um milhão de cópias, capitaneado pelo imenso sucesso de seu hit "Menina Veneno". No entanto , nos discos seguintes não conseguiu manter o mesmo sucesso. Depois de anos trabalhando com sonorização para sites e mídia digital, retornou com um disco de composições inéditas em 2002 intitulado "Auto Fidelidade". Em 2005, juntou-se a diversos astros de sua geração e gravou o CD e DVD ao vivo "Anos 80", produzido pelo canal pago Multishow. Participou em 2003 do tributo à banda Secos & Molhados, lançado em CD com o nome "Assim Assado", com a participação de vários artistas. Ritchie gravou a música "Fala", usada em 2008 como tema do personagem Augusto César de José Mayer na novela das oito da rede globo A Favorita.

Discografia

    * Vôo de Coração (1983)
    * E a Vida Continua (1985)
    * Circular (1986)
    * Loucura e Mágica (1987)
    * Pra Ficar Contigo (1988)
    * Sexto Sentido (1990)
    * Tigres de Bengala (1993)
    * Auto-Fidelidade (2002)
    * Anos 80 (2005)


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ritchie

Site Oficial: http://www.ritchie.com.br/



- Postado por: verdeamarillo às 00h17
[ ] [ envie esta mensagem ]





Cantores(as) Anos 80 - Rosana

 

Biografia e vida artística

Filha do músico Aldo Fiengo, começou a cantar durante os anos 70 na banda de seu pai, a Casanova's. Fortemente influenciada por Elis Regina e Gladys Knight na adolescência, decidiu ser cantora.

Em 1978, ainda na banda do pai e já morando no bairro de Bangu na cidade do Rio de Janeiro, gravou um compacto simples pela gravadora Odeon, com a romântica "Fique um Pouco Mais", que entrou na trilha da novela Pecado Rasgado da Rede Globo e "Muito Independente", em ritmo de discothèque. A banda Casanova's chegou a aparecer numa cena dessa novela, com Rosana como vocalista. Participou ainda de diversos programas de televisão da época, como Globo de Ouro, Chacrinha, Carlos Imperial, Sexta Super, Raul Gil e Almoço com as Estrelas. Em 1981, classificou-se no Festival MPB Shell da Rede Globo com a canção Pensei Que Fosse Fácil (Mas Não É) de Zé Rodrix. Novamente em 1985 participou de outro festival da Rede Globo, o Festival dos Festivais, e interpretou numa das eliminatórias a canção Vidraça.

Em 1986, após gravar alguns discos e participar de outros, uma fita com uma gravação daquele que é considerado pela cantora o seu primeiro sucesso da carreira - Nem um toque, foi levada à Rede Globo e acabou inserida na trilha sonora da telenovela Roda de Fogo (1986). Com essa exposição, a música foi exaustivamente executada nas rádios. Rosana então assinou contrato com a CBS/Sony Music (atual Sony BMG) neste mesmo ano, permanecendo neste selo até 1993.

O maior sucesso, porém, ocorreu no ano seguinte, com a canção O amor e o poder, que fez parte da trilha de Mandala (1987), que ficou por várias semanas consecutivas em primeiro lugar nas paradas de sucesso. O primeiro disco, Coração selvagem, que continha esta canção, vendeu mais de um milhão de cópias, rendendo-lhe vários troféus e homenagens.

Ao longo da carreira, gravou mais de doze discos, dos quais oito tiveram execução fora do Brasil, sobretudo na América Latina, contabilizando oito discos de ouro e dois de platina, e também foi convidada para gravar com cantores internacionais e apresentou-se nos principais programas televisivos. Nos anos 90 dedicou-se a gravar projetos especiais privilegiando outros estilos musicais, tais como releituras de clássicos da MPB (Gata de Rua, 1993, com produção de Roberto Menescal) ou uma incursão pela dance music (Vende Peixe-Se, 1996). Em 1998, nasceu Davi, o primeiro filho, e afastou-se novamente da mídia. Quando se comemorou os 90 anos de Carmen Miranda, fez uma homenagem a ela excursionando com o espetáculo em 1999, com músicas de seu repertório. A cantora também gravou canções para dois filmes da Disney: O Corcunda de NotreDame e Oliver & Sua Turma. Rosana tem como madrinha de carreira a cantora Leny Andrade e é reconhecida como uma das maiores cantoras brasileiras de todos os tempos por nomes consagrados como o cantor e compositor Caetano Veloso, e o produtor musical Max Pierre.

Vivendo no Rio de Janeiro, a cantora multiinstrumentista, continua fazendo espetáculos pelo Brasil e exterior, cantando e ainda tocando piano e violão.

Curiosidades

    * Em sua versão em CD, o álbum Gata de Rua trouxe três faixas-bônus, Revés, Sentado à beira do caminho e As rosas podem falar. Estas não entraram no LP original por problemas de espaço.

    * Rosana participou de algumas campanhas no estilo We Are The World, entre elas, a campanha contra a AIDS que passou no programa Fantástico, da Rede Globo, em 1987, de nome Viver Outra Vez, autoria de Osmir Neto, ao lado de artistas como Guilherme Arantes, Tim Maia, Erasmo Carlos, Sivinho "Blau Blau" (ex-vocalista da Banda Absyntho), Emílio Santiago, Adriana, Elza Soares, entre outros.

    * A Pepsi contratou Rosana para gravar um de seus jingles de maior sucesso no início dos anos 80.

    * Em 2006 Rosana recebeu uma grande homenagem aos 20 anos de sucesso (Nem um toque - 1986) no Rio de Janeiro reunindo fãs de todo o Brasil. Nomeado de Festa da Deusa, o evento foi o maior já realizado sobre a cantora no país, com direito a exposição de fotos, exibição de especial de tv, vídeo-clipes e outras perfórmances.

E do tema de Natal do programa Xuxa Hits (programa musical da apresentadora Xuxa Meneghel) de 1995, de nome Natal de Todas as Raças, celebrando a paz e o Natal, de autoria dos cantores Edmon Costa (que gravou com Rosana o dueto Se Eu Me Apaixonar, versão do clássico When I Fall In Love, de Nat King Cole) e Rodrigo Ferraz, com o Movimento Black Brasileiro, que teve a presença de cantores do cenário de música black no Brasil, tais como As Sublimes (grupo que tinha como integrante a atriz Isabel Fillardis), Cidalia Castro, Abdullah (vocal de Gabriel, o Pensador, Alexandre Lucas (ex- Banda Fanzine e ex- banda Ebony Vox), Júlio Borges (ex- banda Fanzine, ex- banda Ebony Vox e ex vocal de Flavio Venturini), Alexandre Dantas (ex- Conexão Japeri- a banda que lançou Ed Motta), e os próprios Rodrigo Ferraz (ex- banda Veneza) e Edmon Costa.

Discografia

EMI-Odeon

    * Fique Um Pouco Mais / Muito Independente (1° compacto) - 1978
    * Fique Um Pouco Mais (LP) - 1979

RCA Victor

    * Rosana

Sony BMG / CBS

    * Coração Selvagem - 1987
    * Vício Fatal - ao vivo - 1988
    * Onde o Amor Me Leva - 1989
    * Por Donde el Amor Me Lleva - espanhol - 1990
    * Doce Pecado - 1990
    * Paixão - 1992
    * Gata de Rua - 1993

    Polygram / Universal Music

    * Essa sou eu - 1994

    Natasha Records

    * Vende peixe-se - 1996

    Movieplay

    * Rosana - 2003

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Rosana_Fiengo

Visite: http://www.rosanafiengo.blogspot.com/



- Postado por: verdeamarillo às 00h03
[ ] [ envie esta mensagem ]