Meu perfil

BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, URCA, Homem, de 26 a 35 anos, Tabacaria, Música


Relógio
relojes web gratis


Calendário



Radio Sókakarecos



Tempo agora



Estamos no...

 

Coisas que gosto



...TV 80'...


Filmes e shows da Época









Blogs, Sites, Prêmios





Astrologia, Carros, Cartões, Cursos, Empregos e Estágios, Dinheiro, Hospedagem, Imóvel, Jogos, Namoro e Tv








..Widget UOL..



Deixe seu recado...



...Award...




Histórico:

- 07/12/2008 a 13/12/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008



Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis
- Blog Rosana


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Código html:
Cristiny On Line



Contores(as) dos Anos 80 - Eduardo Dusek

Eduardo Dussek (Rio de Janeiro, 1 de janeiro de 1957) é um ator, cantor e compositor brasileiro.

Biografia

Começou a carreira artística como pianista de peças de teatro aos quinze anos, quando estudava na Escola Nacional de Música. Mais tarde passou a compor suas próprias canções e montou uma banda, que acabou apadrinhada por Gilberto Gil.

A partir de 1978 já tinha algumas composições gravadas por nomes de peso da MPB, como As Frenéticas (o samba "Vesúvio"), Ney Matogrosso (o fox "Seu tipo") e Maria Alcina (o frevo "Folia no Matagal", dois anos depois regravada por Ney Matogrosso) - todas em parceria com Luís Carlos Góis.

Suas composições buscavam aliar sátira e bom humor. Em 1980 participou do festival MPB Shell da Rede Globo com a debochada canção "Nostradamus", que não se classificou mas ficou conhecida pelo público. Por essa época gravou o primeiro LP, "Olhar Brasileiro". Mas o estouro sucesso viria em 1982, quando flertou com o ainda incipiente pop/rock, no LP "Cantando no Banheiro!, com "Barrados no Baile" (com Luís Carlos Góis), "Cabelos Negros" (Com Luiz Antonio de Cássio) e "Rock da Cachorra" (Leo Jaime).

Dois anos depois, notabilizou-se com o LP "Brega-chique", cuja faixa-título, mais conhecida como "Doméstica", fazia uma sátira social, bem no clima do teatro besteirol da época. Em 1986, lançou "Dusek na sua", com "Aventura" e com "Eu Velejava em Você", uma das mais tocantes músicas da MPB, depois regravada por Zizi Possi . Em 1989 voltou à cena com o musical "Loja de Horrores", em que atuava no papel de dentista. Nos anos 90, afastado da função de cantor, interpretou a personagem do Capitão-Mor Gonçalo na novela "Xica da Silva", da extinta Rede Manchete; atuou como diretor de espetáculos e, no fim da década, voltou a apresentar alguns trabalhos como humorista e cantor, um deles sobre Carmen Miranda.

Maiores Sucessos

    * 1975 - Piccadilly Rock
    * 1982 - Rock Da Cachorra
    * 1982 - Barrados No Baile
    * 1983 - Cabelos Negros
    * 1984 - Brega-Chique
    * 1984 - Lua My Love
    * 1985 - Tudo Em Cima
    * 1987 - Nem Tanto Tempo Assim
    * 1988 - Castigo
    * 1988 - Amor E Bombas
    * 1989 - Que Rei Sou Eu? (Com Luni)
    * 1989 - Sou Eu
    * 1995 - Happy Hour
    * 1996 - Encontro Das Águas
    * 2001 - Alô Alô Brasil
    * 2003 - Tá-Hi
    * 2007 - Gula
    * 2007 - Tamanho Não É Documento

Trabalhos Na TV

    * 2007 Sítio do Picapau Amarelo - Barão de Münchhausen
    * 2006 Bang Bang - Príncipe Von Kristoff
    * 2005 Sob Nova Direção - Ele Mesmo
    * 2005 A Lua me Disse - Caricato
    * 2004 Celebridade - Ele Mesmo
    * 2001 As Filhas da Mãe - Ele Mesmo
    * 1999 Você Decide - Numa Sexta-Feira 13: Parte 2
    * 1996 Xica da Silva - Capitão-Mor Emanuel Gonçalo
    * 1991 Floradas na Serra - Bruno
    * 1983 Plunct, Plact, Zuuum - Mestre de Matemática

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Eduardo_Dusek



- Postado por: verdeamarillo às 15h51
[ ] [ envie esta mensagem ]





Cantores(as) dos Anos 80 - Fabio Jr.

Fábio Correa Ayrosa Galvão, conhecido como Fábio Júnior ou Fábio Jr. (São Paulo, 21 de novembro de 1953) é um cantor romântico e um ator brasileiro. Teve vários papéis de protagonista na Rede Globo. Atualmente, esta sem fazer novelas desde de 1998, seu último trabalho foi na novela Corpo Dourado.

Biografia

Começou na música tocando com os irmãos em grupos como Os Colegiais, Os Namorados, Bossa 4 e Arco-Íris e, mais tarde (em 1971) se lançou em carreira solo gravando canções em inglês (com pseudônimos como Uncle Jack e Mark Davis, sendo que como o último teve um hit, "Don't Let Me Cry", de 1973).

Adotou o pseudônimo de Fábio Júnior para não ser confundido com o ator Flávio Galvão e começou a apresentar, ao lado do cantor Sílvio Brito, o programa Hallelluyah!, na TV Tupi.

A televisão foi um meio fundamental para a carreira de Fábio. Gravou seu primeiro compacto como Fábio Júnior em 1975. No ano seguinte, participou de sua primeira telenovela, Despedida de Casado, que foi censurada. Sua estréia na tela se deu na novela Nina, mas uniu seus dois talentos em um Caso Especial chamado "Ciranda Cirandinha", na Rede Globo, que se tornou série. No episódio "Toma que o Filho é Teu" lançou a música "Pai", que inspirou a novela Pai Herói , em 1979. Até hoje, esta é sua canção mais emblemática.

Em 1980 atuou pela única vez no cinema , no filme Bye Bye Brasil, de Cacá Diegues. Seu primeiro LP foi lançado em 1981, mas Fábio Júnior não abandonou a carreira de ator, trabalhando nas novelas Cabocla, em 1979, Água Viva, em 1980, O Amor é Nosso, em 1981 e Louco Amor, em 1983, todas na Rede Globo. Em 1983 gravou seu primeiro especial para a TV (Nunca Deixe de Sonhar) e passou a se dedicar somente à carreira de cantor, cuja tradição em baladas românticas já haviam lhe dado o epíteto de sucessor de Roberto Carlos. O casamento com a atriz Glória Pires (garantindo o papel de "casal perfeito", que os levou a representar Romeu e Julieta em um especial de televisão) também garantiu os holofotes necessários ao cantor. Em 1985 voltou à TV com a novela Roque Santeiro e trocou a Som Livre pela CBS. Na nova gravadora, passou a dedicar-se à sua carreira em castelhano, que culminou em 1987, quando ganhara o prêmio "Antorcha de Plata" (Tocha de Prata) no festival chileno de Viña del Mar. Nesse mesmo ano gravou a canção Sem limites pra sonhar com a cantora britânica Bonnie Tyler (que cantava a parte da letra em inglês).

Fábio Júnior é pai da também atriz Cleo Pires, fruto do casamento de Glória Pires. É também pai de Krizia, Tainá e Filipe Galvão, frutos do seu casamento com Cristina Karthalian. Teve um casamento relampago com a atriz Patrícia de Sabrit que só durou 3 meses.

Casou-se pela sexta vez no dia 1 de setembro de 2007 com a modelo Mari Alexandre.

Filmografia

Trabalhos na televisão

    * 2004 - A Diarista .... Ele Mesmo
    * 1998 - Corpo Dourado .... Billy
    * 1996 - Antônio Alves, Taxista .... Antônio Alves
    * 1993 - Você Decide
    * 1992 - Pedra sobre Pedra .... Jorge Tadeu
    * 1990 - Brasileiras e Brasileiros
    * 1985 - Roque Santeiro .... Roberto Mathias
    * 1983 - Louco Amor .... Luís Carlos Becker
    * 1981 - O Amor é Nosso .... Pedro
    * 1980 - Água-Viva .... Marcos Mesquita
    * 1979 - Malu Mulher .... Jorginho
    * 1979 - Cabocla .... Luís Jerônimo Vieira Pires
    * 1978 - Ciranda cirandinha .... Hélio
    * 1977 - Nina .... Anjo (Alvinho)
    * 1969 - O Feijão e o Sonho

Filmes

    * 1982 - Pirlimpimpim .... Príncipe
    * 1980 - Romeu e Julieta .... Romeu
    * 1979 - Bye Bye Brasil .... Ciço

==Discografia==

    * 1975: Fábio Jr.
    * 1979: Fábio Jr.
    * 1982: Fábio Jr.
    * 1984: Fábio Jr.
    * 1985: Fábio Jr. Quando Gira o Mundo
    * 1986: Sem Limites Pra Sonhar
    * 1988: Fábio Jr. Vida
    * 1989: Fábio Jr. Ao Vivo
    * 1991: Fábio Jr. Intuição
    * 1992: Fábio Jr.
    * 1993: Fábio Jr. Desejos
    * 1994: Fábio Jr.
    * 1995: Fábio Jr.
    * 1996: Fábio Jr. Obrigado
    * 1997: Só Você e Fábio Jr. Ao Vivo
    * 1998: Compromisso
    * 1999: Contador de Estrelas
    * 2000: De Alma e Coração
    * 2002: Fábio Jr. Acústico
    * 2003: Fábio Jr. Ao Vivo
    * 2004: O Amor é Mais
    * 2006: Minhas Canções
    * 2008: Fábio Jr. & Elas

Compactos

    * 1980: Fábio Jr.
    * 1981: Fábio Jr.
    * 1982: Fábio Jr.
    * 1984: Fábio Jr. Canta em Spanol

Coletâneas

    * 1988: O Melhor de Fábio Jr.
    * 1991: Fábio Jr. Coleção de Sucessos
    * 1993: Grandes Momentos Fábio Jr.
    * 1996: Fábio Jr. com Amor
    * 1997: O Melhor de Fábio Jr.
    * 1997: Seus Maiores Sucessos
    * 1998: Fábio Jr. Grandes Sucessos
    * 1998: As Melhores
    * 1999: Sem Limites Pra Sonhar
    * 1999: O Essencial de Fábio Jr.
    * 2000: Fábio Jr.
    * 2000: 21 Grandes Sucessos
    * 2001: 100 Anos de Música
    * 2001: Grandes Sucessos
    * 2004: Perfil
    * 2005: Novelas
    * 2005: Mais de 20 e Poucos Anos
    * 2006: Maxximum Fábio Jr.

DVDs

    * 1997: Fábio Jr. Ao Vivo
    * 1998: Compromisso
    * 2003: Fábio Jr. Ao Vivo
    * 2008: Fábio Jr. & Elas

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/F%C3%A1bio_J%C3%BAnior

Site OFicial: http://www.fabiojr.com.br/



- Postado por: verdeamarillo às 21h58
[ ] [ envie esta mensagem ]